Tirinha Animal #91

repost 06

Vocês não tem noção, de como sinto falta dessa gatona, eu a chamava de negona, não importava como eu a chamava, ela sempre sabia que era ela. Passamos muitos momentos bons, e ruins também, e a Nina, pode ser considerada, a gatinha que me levou à ter tantos animais hoje em dia.

Eu já tive outros gatos, mas em um período onde eu não tinha nenhum gato, eu lembro que namorava, e estava voltando pra casa, tarde da noite, encontrei um par de idiotas que jogava algo pra um cachorro tentar matar, quando vi que se tratava de um gato, corri e o peguei em meu colo, ela tinha uma cor estranha, nunca havia visto um gato com aquela pelagem, os caras ainda tentaram levar uma e quiseram me intimidar, mas eu tinha mania de andar com facas antigamente e uma ameaça com uma faca na mão e minha cara de bonzinho, fizeram desistir e ir embora.

 

Caminhei alguns metros com o gatinho em mãos e após atravessar um viaduto, à deixei em umas moitinhas de um terreno baldio, afinal, minha mãe não queria mais gatos, desde que o xodó dela foi morto por um idiota e ela ficou extremamente triste, mas essa bolotinha ia me seguindo, e eu tentava assusta-la e ela se escondia e continuava à me seguir, decidi então confrontar a minha mãe e levar aquela mocinha pra minha casa, de inicio, minha mãe não gostou, mas com o passar do tempo, não havia como não gostar da Nina, uma das gata mais inteligente que eu já tive.

 

Infelizmente, o fato de eu sempre ter dificuldades financeiras, me levou à dar injeções que a impediam de entrar no cio, (não façam isso. castrem seus animaizinhos) embora, a Nina tenha tido várias crias algumas vezes, ela foi a mãe e avó de muitos, mas, depois que eu tive condições, a castrei finalmente, e ela viveu muitos anos comigo, 14 pra 15 no total, e então, devido aquelas injeções, ela desenvolveu um tumor inoperável, passei muito tempo tomando conta dela, pois a saúde dela estava bem debilitada, e ela acabou perdendo a mobilidade traseira.

 

Certo dia, cheguei do trabalho e ela não estava em sua caminha, a porta de meu quarto estava aberta, e ela deitada no chão do meu quarto, se arrastou até lá pra tentar me encontrar, ao não me localizar, ficou quietinha guardando forças, quando eu não a vi em sua caminha, rapidamente, a chamei e como sempre ela me respondeu de dentro do quarto, com um miado recolhendo as últimas forças, me aproximei e notei que ela estava bem mal, muito mesmo, e isso já me cortou o coração, e ela ficava me chamando, com miados e movimentos da cabeça, entendi que ela queria que eu deitasse com ela, me deitei no chão do quarto e ela se arrastou e deitou a cabeça no meu braço, onde iniciei uma sessão de carinho, que seria a última, ela em paz, deitada no meu braço, partiu, e me deixou chorando com seu corpinho, ali….

 

Até hoje, sinto muita falta dela, e sempre que vejo essa tirinha, minha garganta dá um nó…

 

Essa, foi uma ótima gatona, e está lá no espaço tomando conta de todas as estrelas que já passaram em minha vida.

 

repost 06

 

Nina e Lekinha Nina Nina 2 Nina 3 Nina 5

 

<3